/* Facebook Like button

domingo, 25 de janeiro de 2009

Pés Ar

Angela, Anginha,

Abaixo, um presente meu para o seu aniversário e formatura!

sempre com Amor,

Dani


“Sei agora o que nenhum anjo sabe.”

Wim Wenders e Peter Handke.


O seu mal era gasto, velho, não tinha nada de novo, mas mesmo assim podia-se dizer nobre e universal e por que não histórico, visto que repetira-se já por infinitas vezes?

Dele, alguns poucos extraíam um dom, o da melancolia que vinha nas asas de um anjo que soprava coisas belas e tristes aos que conseguiam lhe ouvir.

Mas ainda que nobre e universal, ainda que invejado pelos anjos, ela devia haver-se com o seu pesar e, para isso, entrou na banheira e deu voz ao pranto. Ele a fez reviver, relembrar cada momento vivido. Um sorriso escapava, às vezes, mas eram as lágrimas as protagonistas do seu teatro pessoal.

Saiu da banheira se perguntando se viria a sentir os deuses outra vez.

Em resposta, só o pranto e, mais uma vez, a rendição quase forçada de quem ainda quer voltar atrás numa estrada que não existe mais.

Mas a pergunta havia suscitado algo, lançado uma semente, talvez, em meio aos destroços de seu coração banhado e partido.

Não encontrou nenhum deus. Só o silêncio. E depois o silêncio. E de novo o silêncio.

Dormiu.

No sono, uma voz lhe disse:

-Deixe-me cuidar de você e, sem esperar, a abraçou junto com seu pranto.

Naqueles braços, ela relembrou os tempos de beleza, do riso fácil, da capacidade que tinha de contemplar todas as coisas belas e feias do mundo, todas elas divinas. Lembrou do tempo em que ouvia a língua dos pássaros. E chorou.

Depois, mais uma vez, o silêncio. Mais uma vez, o pranto. E voluntariamente desistiu.

Improvisamente, surgiram muitos anjos. Todos eles rufavam suas trombetas, e ela sentiu naquele rufar uma tímida alegria. Elas anunciavam um novo tempo, ao mesmo tempo que relembravam coisas já vividas. Em fila, os anjos abriram caminho e ela pôs-se a andar nele, misturando esperança com o nada esperar.

Acordou com um riso acanhado nos lábios e desligou o despertador.



0 commenti:

 

Sites amigos

  • Lua em Escorpião! - O Sol está em Câncer e a Lua em Escorpião. Câncer é signo regido pela Lua. Sol e Lua no céu nos colocam então em contato profundo com o Si mesmo. Um tempo ...
    Há 3 meses

Atendimentos

Entre em contato comigo pelo e-mail danischeifler@gmail.com Ou pelo Skype Daniela Scheifler

Sites amigos

Text

Baile no céu Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template