/* Facebook Like button

quarta-feira, 22 de abril de 2009

O dia da Terra

Vão lá e confiram no Astrologia Andaluz.

Querídissimos leitores/dançarinos,

O Baile no Céu está migrando sim, mas não fiquem tristes, não. No novo site, tem os meus textos, mais os textos do Acuio, (microróscopo, música, artes) e mais outros colaboradores. Se não fosse bom, eu não iria pra lá né? A idéia é a mesma: difundir cultura através das lentes astrológicas. Mudança é sempre difícil, eu sei. Mas é para melhor, é para nos abrirmos também e nos des-envolvermos, não?

Estamos fazendo uma super promoção: 20 prêmios entre mapas e livros. Saibam como participar, aqui.

O Baile no Céu continua, só está em fase de reestruturação. Vai vir de cara nova, vocês verão.

beijos e segue o baile
Continue lendo...

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Edvard Munch

Tem um texto meu sobre o Munch (que eu amei) lá no site do Acuio. Vai lá!

ps 1: O blogger passou muitas horas fora do ar, por isso ainda não escrevi da viagem.

ps 2: o Baile no Céu está migrando, aguardem!
Continue lendo...

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Oslo - Noruega

Hoje é dia de arrumar as malas. Amanhã embarco para Oslo, a capital da Noruega.

A Noruega fica a uma latitude de 60° norte. As máximas, nesta época do ano, são de 8° e as mínimas ainda são negativas. Brrrr... mais um friozinho antes da tão esperada bella stagione.

Em fevereiro, a cidade está assim, ó:


CONGELADA!

E o que tem pra ver lá? Pois então, dizem que a cidade em si é muito bonita, que não é muito grande e que se pode conhecer tudo caminhando. Adoro!

Palácio Real

Ópera House

Sede do parlamento

Fortaleza

Dizem que o Museu dos Vikings é imperdível. Eu acredito!

Esculturas no Parque






Parece suficientemente bonita, não? Além disso, a cidade possui um importante Museu que abriga entre muitas obras, o celebérrimo O Grito do norueguês Edvard Munch. Ah, e dizem que o salmão de lá é um dos melhores do mundo. Nham, nham, nham!

Na volta, conto tudo por aqui, ok?

Desejo então um bom descanso e, parafraseando minha profe e mestra Zilá, uma transformadora PAIXÃO a todos! :D

Terça-feira estou de volta! ( segunda é feriado aqui)

beijosfui!
Continue lendo...

Quem é você ???

Continue lendo...

Mãe Terra

Essa Lua cheia em Libra tá pra lá de linda! E o Sol também não fica pra trás, não. Aqui, as temperaturas máximas já passam dos 20 graus e as pessoas já parecem mais felizes e mais bonitas. Pessoas e flores seguem o passo do desabrochar da primavera.

Mas a natureza, às vezes, é também madrasta né? Mostra a face da mãe escura. Os terremotos que ocorreram nesta semana destruíram muitas cidades na região do Abruzzo, perto de Roma. Mais de 200 pessoas morreram, muitas famílias perderam suas casas, muitos prédios históricos se foram. Naquela região ali, dos Apeninos, uma região montanhosa, qualquer movimento sísmico mais forte é capaz de destruir tudo que tem em cima.

Aqui onde moro, numa planície, já não se sente tanto, porque o solo é de areia, basicamente. Em Milão, no dia 23 de dezembro do ano passado, teve um tremor de terra: portas se abriram sozinhas, vasos de plantas andavam e voavam das sacadas e das janelas. Mas só isso, já que a areia amortece o impacto dos tremores.

As perdas foram enormes no Abruzzo. Mas a Itália é um país de muitos recursos econômicos e, principalmente, humanos. O país todo abraça, neste momento, o centro-sul. Muita gente saiu daqui e foi pra lá trabalhar como voluntário. Muitas pessoas abriram suas casas para receber famílias que perderam tudo. Muita gente doa dinheiro, alimentos e roupas. Muitos médicos e enfermeiros foram pra lá. Muitos educadores, artistas e jovens estão trabalhando com as crianças, em atividades lúdicas. Muita gente oferece ajuda física, também, já que não se pode usar máquinas para abrir caminho nos escombros. Os relatos são muitos, tantos. Tristes por um lado e, comoventes em vista da solidariedade que se apresenta nestas horas, por outro.

Eu desejo (e rezo) para que essas famílias, apesar das enormes perdas, não percam a vontade de recomeçar. Tenho certeza que assim o será.

Amém!
Continue lendo...

terça-feira, 7 de abril de 2009

La voce del cielo

Marc Chagall

Il cielo parla tutte le lingue, evviva!

Qui in Italia, i segni dello zodiaco si chiamano così:

Ariete, Toro, Gemelli, Cancro, Leone, Vergine, Bilancia, Scorpione, Sagittario, Capricorno, Acquario e Pesci.

Ed i pianeti a loro volta:

Sole, Luna, Mercurio, Venere, Marte, Giove, Saturno, Urano, Netuno e Plutone.

Vi piace?
Continue lendo...

Por que 'feira' nos dias da semana da língua portuguesa?

Vocês já se perguntaram? Eu já e, agora, meus alunos italianos também me perguntam. Acho tão lindo os nomes dos deuses nos dias da semana das outras línguas latinas. Vocês não acham?

Vejam:

Latino/Italiano

dies lunae
lunedì
dia da Lua

dies marti
martedì
dia de Marte

dies mercuri
mercoledì
dia de Mercúrio

dies iovis
giovedì
dia de Júpiter

dies veneris
venerdì
dia de Vênus

dies saturni
sabato
dia de Saturno

dies solis
domenica
dia do Sol

Pois então no português não é assim e meu colega de trabalho lá do IBRIT, o Jean, em suas pesquisas descobriu o porquê. Segue o que ele descobriu:

"Feira" vem de "feria", que, em latim, significa "dia de descanso". O termo passou a ser empregado no ano 563, após um concílio da Igreja Católica na cidade portuguesa de Braga - daí a explicação para a presença do termo somente na língua portuguesa. Na ocasião, o bispo Martinho de Braga decidiu que os nomes dos dias da semana usados até então, em homenagem a deuses pagãos, deveriam mudar. Mas espera aí: se feria é dia de descanso, por que se usa "feira" apenas nos dias úteis? Isso acontece porque, no início, a ordem do bispo valia apenas para os dias da Semana Santa (aquela que antecede o domingo de Páscoa), em que todo bom cristão deveria descansar. Depois acabou sendo adotada para o ano inteiro, mas só pelos portugueses - no espanhol, no francês e no italiano, os deuses continuam batendo ponto dia após dia. As únicas exceções assumidas pelos nossos irmãos bigodudos - e depois incorporadas nas colônias portuguesas - foram sábado e domingo (Prima Feria, na Semana Santa), que derivam, respectivamente, do hebreu shabbat, o dia de descanso dos judeus, e do latim Dies Dominicus, o "Dia do Senhor". Desde 321 os calendários ocidentais começam a semana pelo domingo. A regra foi imposta naquele ano pelo imperador romano, Constantino, que, além disso, estabeleceu definitivamente que as semanas teriam sete dias. A ordem não foi aleatória: embora na época os romanos adotassem semanas de oito dias, a Bíblia já dizia que Deus havia criado a Terra em seis dias e descansado no sétimo e, ao que tudo indica, os babilônios também já dividiam o ano em conjuntos de sete dias."

De novo, a mão da Igreja é responsável pela mudança. Lembram da origem de São Valentim? Esses padres hein?

Valeu, Jean!
Continue lendo...

sábado, 4 de abril de 2009

Busto de Sêneca - Museu do Louvre

Ogni luogo è patria mia perché da ogni luogo si può vedere il cielo.

Seneca
Continue lendo...

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Pazzo Amore

Per ballare in questo venerdì, giorno di Venere!

Continue lendo...
 

Sites amigos

  • Faxineira fascinante - Nos dias em que ela vem, eu acabo usando o lavabo só para espiar seus sapatos. Ela está sempre com um diferente. Sapatos bonitinhos, simples e, principal...
    Há 18 horas

Atendimentos

Entre em contato comigo pelo e-mail danischeifler@gmail.com Ou pelo Skype Daniela Scheifler

Sites amigos

Text

Baile no céu Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template