/* Facebook Like button

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Lua em Virgem

Olá, bailarinos! A Lua está em Virgem no céu. Eu, aqui, esvaziei o cesto da roupa suja. Cozinhei os legumes da geladeira. Minha faxineira fascinante cuidou do resto e se apaixonou também pelos gatinhos novos que apareceram no pedaço. Satisfação da Lua em Virgem tá aí. Cozinhar o feijão da semana também deixa essa Lua feliz. A Lua em Virgem se nutre das coisas do dia-a-dia: camisa branca limpinha e folha de alface no prato, sabe? Porque Virgem é a ordem necessária para que tudo funcione direitinho. O luxo de Virgem é o lençol cheirando a amaciante.

Virgem é faxineira fascinante.

O Sol ainda brilha no Capricórnio, não esqueçam. Eu sentei com a minha chefa e delineei um esqueleto bem interessante de um projeto novo que está vindo aí.

Subindo a montanha, mas também colhendo florzinhas e desfrutando da paisagem.

Boa semana pra mim e pra você!!
Continue lendo...

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Dia do Astrólogo!!!


Hoje, 6 de janeiro, se comemora a chegada dos Reis Magos como a primeira manifestação ou aparição de Jesus: a Epifania! Os Reis, guiados pela estrela de Belém, neste dia, presentearam com ouro, incenso e mirra a criança que nasceu!

Na pintura, Giotto, um grande pintor italiano da idade média, conhecido também por inaugurar a modernidade na pintura, representa a adoração dos Reis Magos e o cometa Halley. Isso porque no ano de 1301, Giotto havia observado a passagem do cometa e o substituiu pela estrela. Ele já era um moderno.

Mas voltando, me comove muito essa imagem dos Reis que, tendo o céu como guia, vão presentear a criança que nasceu, o messias, o novo rei dos judeus. Esperança, alegria e festejamento pela revelação do divino, pelo novo ano e pelo aumento da luz solar, desde o solstício de inverno. Por isso, no dia 6, se comemora também o Dia do Astrólogo. Viva!

Que tal brincar a valer com alguma criança hoje hein? Poderia ser um pequeno ato simbólico, visando o reconhecimento do divino, da revelação e da renovação na sua vida. Eu o farei! 
Continue lendo...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Lua quase crescente em Áries

A Lua está em Áries! Quase crescente. Já a viram sorrindo no céu? Essa é a Lua faísca, Lua decidida, cheia de iniciativa que quando inquirida responde: SÓ SE FOR AGORA, vivente! Lua porreta. Lua fogo nas ventas. Lua menina que age por impulso. Pro bem e pro mal. Essa Lua pode ser bem infantil, também. Mas ó, já diria a Lua em Áries que a gente tá nessa vida é para se molhar, viver, se arriscar e aprender errando, acertando. Não é assim? Feio é repetir sempre as mesmas mancadas, isso sim. Hoje a paciência será artigo de luxo, portanto cuidado! Não vá se quebrar por aí.Ontem já vi gente perder a cabeça. Quem rege a cabeça é Áries. Então, deixe a impaciência de lado e fique com a genialidade, com a lampadinha acesa em cima da cabeça.

E realize! Realize, realize! A hora é agora. O Sol está em Capricórnio. Coloque a mão na massa e não perca seu rico tempo.

Eu vou lá suar o vestidinho. E você?
Continue lendo...

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Bom dia, bailarinos!
Vênus ingressou Peixes. Signo no qual se exalta, no qual expressa bem suas características de beleza, afeto, sedução e humanidade. É aí que o Amor mistura todas as coisas. E tudo que inspira, sugere, simboliza é com essa moça aí que é também louca de pedra, doida varrida. Deliciosamente doidivana. Lembrem-se que o nascimento de Vênus se deu nas espumas do grande mar, depois que Saturno castrou seu pai: Urano. Com o corte de um falo descomunal que só produzia monstros, nasceu a beleza, a humanidade e o Amor.
Essa Vênus, quando ama, se doa inteira, quando vê alguém sofrer, também. É altruísta e extremamente romântica e delicada. Essa carta acima do baralho do Milo retrata bem a atmosfera quase mágica e sensível desta Vênus, não acham? Parece que ela vem do mar, ou vai se entregar a ele. Vênus em Peixes é viajandona também. Idealiza demais o Amor e constrói castelos onde não se vê nem a areia. Por isso, tem a fama de sofredora. De amante. Pode ser aquela que fica sempre nos bastidores da vida amorosa de alguém. Marginalizada, portanto. De todo modo, o fato é que Ela se entrega profundamente à vida e aos seus mistérios. E isso não é pra qualquer um, ou qualquer uma, não é mesmo?
Vênus descreve também nossos valore$ e, em Peixes, no signo da abundância, as finanças tendem a melhorar, sempre que não se gaste mais de que se tem e não se exagere, oficórsi. E da abundância pro excesso são só algumas braçadas de mar.
O quê: Vênus em Peixes
Quando: de 3 de janeiro até 4 de fevereiro

E Feliz Ano Novo! 
Continue lendo...

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Inverno

Hoje tem festa na Roda do Ano: o Sol ingressa o signo de Câncer e inicia-se o inverno aqui no hemisfério sul. Na verdade o inverno já chegou por aqui há alguns dias. O frio tem sido intenso. No mapa que se faz do evento teremos Lua e ascendente em Capricórnio. Pode-se pensar que realmente o inverno será longo e frio. O trabalho estará em evidência. Teremos que nos responsabilizar pelos nossos projetos, rever algumas coisas e dar atenção para o modo como nos organizamos. Suaremos o vestidinho e também o blusão de lã. Capricórnio não dá moleza não. É o signo que se relaciona ao inverno no hemisfério norte, ao pai e às autoridades. Qualquer questão relacionada a isso nos colocará em contato direto com a gente mesmo, ou seja, o modo como eu me relaciono com o que está fora reflete o que trago dentro. Capricórnio é o limite e só iremos aprender a ultrapassar fronteiras quando estivermos conscientes das nossas capacidades, quando soubermos até onde podemos ir. É preciso também amar o que se faz, amar as horas e os dias, valorizar as rotinas que dão certo. Beber afeto no café da manhã e no jantar. Fazendo o dever de casa, poderemos até pular fogueira e dormir de conchinha. Bom inverno pra nós!
Continue lendo...

sexta-feira, 18 de março de 2016

Ele nasceu já sabendo mamar. E nós entramos em Lua de Leite mais que imediatamente. Até um ano ele praticamente só mamou. E nós nos apavorávamos porque achávamos que ele nunca iria aprender a comer. Aprendeu. O mamá continuou. E fomos assim até 2 anos e pouquinho. Mamá a toda hora. De dia e de noite. Um recém nascido com mais de 2 anos.


17 de março de 2016 foi o dia. Sob uma Lua em Câncer e um Bom Fim fervilhando de gente. Foi noite de St Patrick, novidade por aqui. As ruas cheias de gente e de latas de cerveja. Fizemos a rotina da noite: banho, escovar os dentes, limpar o nariz com a seringa e ....mamá sofá? Não. Já havíamos feito nossa despedida um dia antes. A mamãe explicara que não queria mais dar mamá e que, além disso, precisava usar um remedinho para o dodói da pele. Ele me ouviu atento e com o bico do seio entre os dentes disse: qué mamá! Parecia querer me dizer: ok, mamãe, eu já entendi. Me deixa pelo menos então aproveitar meu último mamá. Foi o que eu ouvi nas entrelinhas da nossa comunicação silenciosa.


Durante dois anos e meio foi assim que ele dormiu: adormecendo nos meus braços e com o seio na boca. Ontem foi diferente. Bem, não totalmente diferente. Eu o aninhei no meu colo, expliquei que não teríamos mais mamá, mas que a mamãe estaria ali ao lado dele, sempre. Ele não disse nada, ficou mexendo num sinal que tenho acima do seio e me pediu para contar a história do urso. Contei umas 5 histórias e ele estava quase pegando no sono. Mas aí se agitou. As crianças fazem isso para não se entregarem. Porque o dia foi muito bom e elas não querem que acabe. Me pediu o iPad e assistimos então alguns episódios da Masha e o Urso. Desliguei e disse para ele pegar na minha mão. Ele pegou e, em seguida, dormiu. Não sem antes pedir que eu contasse mais um pouquinho da história do urso.


Foram 4 meses de desmame. Um processo relativamente rápido até. Começamos com o desmame noturno, pois eu não aguentava mais o sono picado à noite. Nos entendemos muito bem, em 2 semanas eu estava já dormindo a noite toda. E ele também. Depois, devagarinho, partimos para o desmame diurno e concluímos tudo ontem, com a retirada do último mamá. Aquele que bota a criança pra dormir à noite. O mais temido de tirar.


Eu fui sempre bastante sincera com ele. Eu não queria mais. Mas também não queria deixa-lo dançando sozinho na pista de dança. Por ele, seguiria mamando. Não faz mal nenhum. Não atrasa a criança em nada, pelo contrário, é o melhor alimento do mundo. Não impede que ela socialize, nem nada do gênero. Dizem até pesquisas recentes que crianças que mamam no peito são mais inteligentes.


Fui eu que cansei. E resolvi confiar nesse sinal. Ontem senti também que cumpri meu papel com sucesso. Fiquei com a sensação de dever cumprido. Ainda não sinto saudades, confesso. Mas possivelmente sentirei. Entendedoras entenderão. Neste momento, eu sinto alívio e felicidade por termos conseguido realizar esse desmame conduzido. Foi respeitoso, foi leve e eu estou muito feliz por nós.


Agradeço às inúmeras mulheres com quem convivo e partilho experiências. Vocês foram um bálsamo, uma luz. Muito obrigada mesmo! 
Continue lendo...

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Menos é suficiente, mas a vida é desperdício.

Boa tarde, bailarinos!


Que saudades de ter tempo de escrever. De deixar as minhas águas piscianas aqui repousarem e de ir tirando delas, devagarinho os fios necessários para formar as linhas de um bom texto. As águas por aqui estão quase sempre agitadas. Há um menininho - sim um menininho, pois Lorenzo quase quase já não é mais um bebê - que está sempre a sacudir, tensionar e alegrar as minhas águas. Quase não há descanso e escrever virou um luxo.


Eu pego a pena, mas a onda vem e me dá um caldinho.


Então aproveito que minha faxineira-fascinante aqui está e que meu menininho dorme, e me entrego a este momento luxurioso.


Luxo. Luxo.Luxo. Luxo. Luxo.Luxo. Luxo.


Tantas coisas aconteceram. Tanto se poderia dizer. Mas o recorte é necessário, não é mesmo? No Baile do Céu, meus queridos bailarinos, Netuno está tirando meu Mercúrio para bailar. Desconfio que voltarei aqui mais vezes. Mercúrio é o escrevinhador do zodíaco, vocês sabem né? E Netuno tem trazido as ondas, o mar aberto, o mar revolto. Será que Mercúrio dará conta?


Será preciso poesia. Será preciso fantasia.


Mas o mundo anda tão real.


Será preciso loucurinhas. E será preciso saber nadar.


Será que dá?


Júpiter está em Virgem. E menos é suficiente.


Netuno em Peixes. A vida é desperdício.


São dois pra lá, dois pra cá.


O que nos salva é o amor e por consequência o equilíbrio. Amor é equilíbrio. A gente pode ir de um extremo ao outro, mas um abraço nos traz de volta ao centro.


A Lua hoje está em Aquário. No signo dos amigos. Com os amigos a caminhada é sempre muito mais rica e divertida.


Que eles nunca nos faltem então. E que neste espelho do mundo, no qual nos vemos refletidos, possamos trabalhar o escuro e o luminoso.


E ter mais horas de luxo.


Beijo no nariz.
Continue lendo...

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Renascimento

Bom dia, bailarinos!






Como vocês estão? Eu ando sumida né? Estou aqui em meio às delícias e ao trabalho da maternidade. Mas quero reservar um tempinho pra vir aqui, se possível, todos os dias. Por que não né? Até porque posso não estar aqui escrevendo, mas a Astrologia está sempre batendo resenha dentro e fora de mim. E hoje é um bom dia para recomeçar e ao mesmo tempo fazer diferente. No Baile do Céu, Sol e Urano dançando uma verdadeira rave no signo de Áries . Áries é pioneiro, vocês sabem. E Urano é o planeta aquele que, quando chega, já vai mostrando o que está pronto para ser vivido. A mudança que a vida é. Urano está se afastando da última quadratura, de uma série de, que vinha fazendo com Plutão desde 2010. Tudo foi remexido não foi? As nossas estruturas todas. E tudo que não se sustenta, caído está. Está claro pra você? A Lua é Cheia, traz clarões. Mas essa Lua vem de um eclipse, apagou algo por alguns instantes. E nos convidou a deixar alguns mecanismo pra trás.


A segunda-feira começa intensa, verdadeiramente renascida. Sabiam que na Itália, por exemplo, a Páscoa só é festejada hoje? Cristo renascido em nós.


Sol em Áries e Lua em Escorpião: é preciso que a gente aprende a ser íntimo de nós mesmos né não?



Boa segunda de Lua pra nós todos.



Continue lendo...

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Marte em Peixes

Marte está em Peixes

E a luta por dar sentido a tudo, neste mundo maluco, continua. Caminhando, correndo e deixando os pés guiarem, quiçá as mensagens e forças do mundo de lá cheguem até nós. Marginais e desvalidos, unidos, lutando por uto...pias. Marte numa casa estranha. Assombrada? Deslumbrada? Marte em Peixes. Peixes. Cardumes e correntezas mexendo as águas do mundo. Imundo. Inundo. Trombas d'água. Sem luz elétrica só nos resta olhar pras estrelas. Mergulho no mar. Estamos todos no mesmo barco desgovernado à espera de milagres.
Continue lendo...

domingo, 16 de novembro de 2014

Lua em Virgem

Olá, bailarinos!

Esvaziei o cesto da roupa suja! Satisfação da Lua em Virgem. Cozinhar o feijão da semana também deixa essa Lua feliz. A Lua em Virgem se nutre das coisas do dia-a-dia: camisa branca limpinha e folha de alface no prato, sabe? Porque Virgem é a ordem necessária para que tudo funcione direitinho. O luxo de Virgem é o lençol cheirando a amaciante.

Virgem é faxineira fascinante.
Continue lendo...
 

Sites amigos

  • Lua em Virgem - Olá, bailarinos! A Lua está em Virgem no céu. Eu, aqui, esvaziei o cesto da roupa suja. Cozinhei os legumes da geladeira. Minha faxineira fascinante cuidou...
    Há uma semana

Atendimentos

Entre em contato comigo pelo e-mail danischeifler@gmail.com Ou pelo Skype Daniela Scheifler

Sites amigos

Text

Baile no céu Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template