/* Facebook Like button

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Venerdì, bambolê

Bom dia, meus queridos!

O horóscopo tardou, mas não falhou. Que dia o de ontem, não? Trabalho meeesmo. Dá-lhe Virgem no céu. Coisa boa. Mas sabe uma outra coisa bem boa? Encontrar o povo pra quem dou consulta ao vivo e a cores. Bom demais. :-)

Hoje o dia amanhece um tanto quanto pesado. Tão sentindo? A Lua casa com Saturno e os humores estão todos taciturnos. No Twitter disseram que a sexta está é com cara de segunda. E está mesmo. Isso é Lua/Saturno. Ah, mas antes mesmo do meio dia, isso passa. A Lua ingressa Libra e o dia de Vênus fica com cara de sexta. Lua em Libra, você sabe, prima pela diplomacia, pela harmonia e pelo requinte. E é a Lua bailarina.

Agora, a Lua ingressa Libra e já se desentende com Urano em Áries. O planejado não virá hoje. O inusitado sim, baterá cartão. Pegue um bambolê e dance com o dia, com o que vier. A Lua também se opõe a Júpiter e quadra Plutão. Alguma insatisafação pode pintar e o clima de introspeção segue ainda mais um pouco. A Lua bate um papinho com os grandões do céu e desce ao Hades para pegar o creminho de Perséfone. A Lua põe à prova seu talento de equilibrar as todas coisas: o que vem do céu e do escuro do mundo. O claro e o escuro dentro de nós.

Será só à noite que a Lua em Libra mostrará o seu melhor. Depois de ter passado pelo crivo de Júpiter, Urano e Plutão. Aí sim a sexta fica realmente bela, sociável e agradável. Aproveite! Receba pessoas em casa, ou saia por aí para ver e ser visto. Lua em Libra tem apurado senso estético, por isso visite mostras, museus, galerias de arte. Nutra-se de arte, ética e estética. E seja gentil com o dia.

Ah, ultímissima coisa, é dia de Vênus , né? Então embeleze-se. E ame também sua imagem no espelho, assim nem demais, nem de menos. Na justa medida da beleza sadia, combinê? 



E buon venerdì!

11 commenti:

Maria Aguiar on 16 de julho de 2010 14:35 disse...

Trabalhei prá caramba a semana toda, rsrsrs
Mas não cheguei onde queria e o clima hoje pesou...
Melhor deixar como está para ver como fica!
bjs

Daniela Scheifler on 16 de julho de 2010 14:41 disse...

Maria, eu levantei hoje com cara se segunda rsrsrsrs

Mas, vai melhorar :-)

beijos!

Gisela on 16 de julho de 2010 16:59 disse...

Dani, gosto muito dos detalhes mitológicos no seu texto. Já li algumas tragédias e li um livro de tarô da Liz Greene e mais outro de "Tarô e individuação" de uma psicanalista. Toda vez eu me lembro deles quando você escreve alguma referência, especialmente à Perséfone, "minha amiga". Tadinha: a gente combinou que ia sofrer, menina! ;-)

Daniela Scheifler on 16 de julho de 2010 17:46 disse...

Gi,

Obrigada! Eu tenho mesmo o tarô da Liz Greene (adoro a forma como ela mistura astrologia, tarô, psicologia e literatura) :-) E tenho mto de Perséfone tb.

Os mitos são narrativas vivas, é incrível como eles podem se encaixar na nossa vida.

beijocas!

marcelo dalla on 16 de julho de 2010 18:22 disse...

Querida! Ontem o dia foi corrido mesmo. E hoje senti este clima taciturno... Simbora bambolear, minha amiga!
grande bjo e um lindo fim de semana pra ti!

Rosângela on 16 de julho de 2010 22:28 disse...

Já fiquei sabendo do encontro... os astros não brincam mesmo em serviço né? Achei simplesmente bárbaro. bjs

Daniela Scheifler on 16 de julho de 2010 23:11 disse...

Rosângela, tu viste? Achei incrível também!!! O Marcelo ainda falou: nos encontramos todos a passeio em Porto Alegre :-) Nós, na verdade, estaávamos era vendo apartamentos, mas é como se estivéssemos a passeio também :-)

Vamos nos encontrar todas?

Rosângela on 17 de julho de 2010 01:31 disse...

Claro que vamos, não podemos perder esta belíssima oportunidade.

Gisela on 17 de julho de 2010 05:53 disse...

Dani, eu acredito piamente que tudo é uma ciência.

E tentei aprender o Tarô, mas sou muito nervosa, e angustiada (casa 8), e enfim, não estava mesmo numa época boa (agora estou melhor), porém o livro valeu a pena e quando eu jogava as cartas (mesmo que fosse apenas a título de pesquisa, jogava toda hora, como teste) via tudo.

Resolvi assumir que faço parte da turma de vocês também, além da veia escritora, enfim, meu estilo, acho que nasci para estudar o coletivo, o humano. Por isso gosto de Astrologia (Tradicional), tanto ela sozinha, sem nada ter a ver com a Psicologia pós-Jung, quanto essa ligada ao Mito, aliada a terapias. Como disse uma amiga minha: não dá para dispensar nada. Eu pego tudo que faz sentido para mim. E esse livro da Liz Greene clareava a minha mente. Tudo que estava nebuloso, impressionantemente revelava-se nas cartas.

Daniela Scheifler on 17 de julho de 2010 21:17 disse...

Esse Tarô mitólogico da Liz Greene, e o tarô de um modo geral, traz pra consciência o que já estava ali, latente, querendo luz. Muito bom mesmo.

Gisela on 19 de julho de 2010 01:46 disse...

Voilà!! Ça y est. Você disse tudo agora. ;-))

 

Sites amigos

  • Um teto todo meu - Saindo da escola vi aquele prédio antigo, imponente e cor de creme compondo o centro de uma praça com um chafariz. Nele estava escrito: Biblioteca Municip...
    Há 3 semanas

Atendimentos

Entre em contato comigo pelo e-mail danischeifler@gmail.com Ou pelo Skype Daniela Scheifler

Sites amigos

Text

Baile no céu Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template