/* Facebook Like button

sábado, 11 de outubro de 2008

Saturni dies

Sabato, sábado!

Hoje, vou receber meu diploma da "Scuola di Italiano Louis Massignon". Foi uma prova de certificação linguística que fizemos (eu e meus colegas) em julho, no final do ano letivo, através da Universidade de Perugia. Não tem nada a ver com a universidade onde eu estudo. É uma escola aqui de Novara que ensina língua, cultura e história italiana para estrangeiros. As aulas são muito boas e, lá conheci gente de todo o mundo.

Agora, quando penso em Índia, Rússia, Marrocos, Ucraina, Polônia, Albânia, etc, me vêm à mente não um lugar distante e exótico, mas uma pessoa que conheci e que me contou como é a vida por lá. Cada história! Muita gente vêm em busca de uma vida melhor, de um "simples" emprego.

Em Bangladesh, por exemplo, o que acontece é que só uma pessoa da família trabalha e o salário dela serve para sustentar todos os outros. Isso porque lá tem muita gente e pouco emprego. Então, eles vêm trabalhar na agricultura, na construção civil e no comércio, muitos em "nero" e por isso mesmo ganhando muito pouco. As loiras do leste europeu, deixam suas famílias e filhos e vêm cuidar "dei bambini italiani". E assim que podem, voltam e trazem seus entes queridos para morar junto delas. Dureza pouca é bobagem, mas histórias de superação também não faltam, não.

Mas voltando, os professores da escola fazem parte da "Comunità di Sant'Egidio", uma comunidade católica bem forte por aqui. É uma comunidade internacional que tem muitos projetos pelo mundo todo, principalmente no continente africano. O que eu acho legal é que são um grupo de pessoas laicas que não têm o intuito de converter ninguém. Simplesmente se deram conta do quanto são privilegiadas e resolveram fazer uso dos seus privilégios para ajudar quem os têm pouco, ou quem não tem nenhum. Eles criaram aqui "una vera e propria politica di integrazione", algo que o governo italiano está remando para conseguir. Durante as aulas, os passeios, as festas ( ah, eles adoram uma festa) a gente sente na veia a diversidade como uma riqueza e não como algo a se ter "paura'.

De tarde eu vou lá, depois conto como foi e ponho umas fotinhos aqui.

2 commenti:

Liana D'Abreu on 16 de outubro de 2008 16:21 disse...

Como é legal esta convivência com pessoas de outras culturas né?? essa troca de experiências! é enriquecedor!gosto de saber...de trocar...é tào bom!!

Daniela Scheifler on 16 de outubro de 2008 23:20 disse...

Sim, sim, sim! :-)

 

Sites amigos

  • Um teto todo meu - Saindo da escola vi aquele prédio antigo, imponente e cor de creme compondo o centro de uma praça com um chafariz. Nele estava escrito: Biblioteca Municip...
    Há 3 semanas

Atendimentos

Entre em contato comigo pelo e-mail danischeifler@gmail.com Ou pelo Skype Daniela Scheifler

Sites amigos

Text

Baile no céu Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template